Aluna formada na CESUSC inicia Mestrado em Paris

  • Data
    26 de julho de 2017
  • Discussão
    Nenhum comentário

Aluna formada na Faculdade CESUSC inicia Mestrado de Direito dos Negócios Internacionais em Paris

A egressa (aluna formada) do Curso de Direito da Faculdade CESUSC Melina Bellaguarda Kotzias, formada em 2015, foi aceita em oito Universidades diferentes da França para seu projeto de Mestrado. A instituição escolhida foi a Universidade Paris 2 Panthéon-Assas, reconhecida como A Universidade nº 1 de Direito na França, no programa de Direito dos Negócios Internacionais.

O procedimento de candidatura é extenso e muda de Universidade para Universidade na França, segundo Melina. “Não acontece por envio de um projeto de pesquisa, mas por um estudo do dossiê de cada candidato. Esse dossiê inclui, normalmente, análise de currículo, notas de toda a vida acadêmica, participação em projetos e publicação de artigos, carta de motivação, experiência profissional e cartas de recomendação”, explica.

Ao todo, Melina mandou seu projeto/dossiê para 15 universidades francesas. “Eu já estou estudando em Paris e minha decisão de prosseguir os estudos aqui foi amplamente determinada pelo fato de que Paris é a capital mundial da prática de arbitragem internacional (sede da Câmara de Comércio Internacional e de outras importantes organizações internacionais) e uma cidade onde a educação de excelência é de renome mundial”, comenta.

Aspirante a tornar-se uma advogada especializada em arbitragem e comércio internacional, Melina acredita que sua candidatura seguiu uma lógica coerente. Em 2016, ela iniciou um Mestrado nessa mesma Universidade. “No Mestrado de Direito dos Negócios Internacionais tenho muitas opções. Desde contratos internacionais e direito bancário e financeiro internacional, passando por arbitragem internacional e direito societário internacional ou investimentos internacionais. Acredito que tamanha excelência e prestígio da Universidade só terão a agregar na minha vida acadêmica e profissional”, analisa.

Essa nova experiência não deve assustar Melina, pois a egressa já teve outras vivências no exterior. Em 2013, realizou um curso de Verão em Paris na área de Direito Societário. Em 2014, fez intercâmbio na Università di Macerata (UNIMIC), na Itália. Cada novo desafio é uma motivação e ela tem consciência do tamanho da responsabilidade e dedicação que deverá assumir para ter êxito. A egressa deixa uma reflexão aos interessados em uma carreira internacional: “Meu desejo de aprender é e sempre permanecerá forte. Viver e estudar em outro país pressupõem também capacidade de reinventar-se, de moldar-se e de adaptar-se a novas culturas e situações. Para aqueles interessados que se sentem entusiasmados diante da promessa de uma carreira jurídica internacional, é um caminho muito desafiador, mas as perspectivas são altamente gratificantes. É preciso ter força de vontade e resiliência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *